SUPREMO CONCLAVE DO BRASIL PARA O RITO BRASILEIRO

Gr. Ofic. Integrada de Graus Superiores

 

A criação das Grandes Oficinas Integradas de Graus Superiores, foi um instrumento pioneiro do Rito Brasileiro, para possibilitar a evolução contínua de seus obreiros na hierarquia dos Altos Graus, em comunidades onde não houver número suficiente de Maçons do Rito Brasileiro para a Organização de Capítulos, Conselhos ou Altos Colégios, com autorização para administrar os Graus 4 ao 32.

O número máximo de membros efetivos em cada G...O...I...G...S... é de 77 (setenta e sete), e elas são presididas por um Maçom do Rito Brasileiro com o tratamento de Valoroso Mestre, eleito dentre os Portadores de Grau mais elevado, e terá um mandato de 5 (cinco) anos, podendo haver reeleição.

Essas Oficinas têm caráter temporário e desaparecerão gradativamente, à medida que os Altos Graus que as integram forem constituíndo as suas Oficinas específicas.

 

Visualizações de Conteúdo : 703616